Baú do som: 4 Non Blondes

Espalhe!
No Baú do Som de hoje uma daquelas bandas que lançam um disco ou uma musica de sucesso e depois somem. 4 Non Blondes.
 
 
 
Você pode não Ligar o nome a banda, mas com certeza já ouviu  ”What’s up?
 
4 Non Blondes foi uma banda de rock alternativo surgida em 1989 em São Francisco, Estados Unidos. Inicialmente composta por Linda Perrynos vocais, Shaunna Hall na guitarra, Christa Hillhouse no baixo e Wanda Day na batera, o nome significa ” Quatro Não-Loiras”, destacando que não ter nenhum loira era uma singularidade da banda.
 
Wanda logo sai da banda e é substituída por Dawn Richardson, quando assinam contrato com a gravadora Interscope Records, e lançam Bigger, Better, Faster, More! Em 1992, seu único álbum.
Shaunna Hall tocou guitarra em algumas faixas, mas saiu antes do lançamento, no seu lugar entra Roger Rocha.
 
 
 
Bigger, Better, Faster, More! levou o prêmio de melhor álbum, com cerca de seis milhões de cópias vendidas no mundo. O single “What’s Up”, um dos maiores hits da década de 90, recebeu o prêmio de melhor música de Bay Area, e Linda Perry foi eleita como a melhor cantora do ano.
 
Linda Perry logo deixa o grupo afirmando que era pop, comercial demais. Em carreira solo lançou dois álbuns: In Flight (1995) e After Hours (1998) sem o mesmo sucesso. Em 2010 formou a banda  Deep Dark Robot, além disso Linda é uma produtora e compositora super respeitada, já trabalhou com nomes como  Pink, Christina Aguilera, Alicia Keys, entre outros.
 
 
Aliás, interessante como disse que o 4 Non Blondes era pop demais, mas fez carreira trabalhando com artistas pops. Mas, suas gravações próprias realmente sempre estiveram fora da grande mídia. Eu até gosto de composições dela junto com a Pink.
 
Lésbica assumida, ela é uma figura bem conceituada no mundo da musica. Com o desaparecimento do 4 Non Blondes rolava um boato nos anos 90 de que ela havia morrido de overdose. Como veem era mentira, quem parece que realmente morreu de overdose foi a primeira baterista Wanda Day.
 
 
 
Vamos curtir um pouco da boa sonoridade do 4 Non Blondes e do vozeirão da filha de português com uma brasileira, Linda Perry. Eles eram bem mais que  ”What’s up?”, a qual começamos:
 
 
 
 
Dear Mr. President, acho até melhor que ”What’s up?” A Pink também gravou. É uma critica fodástica aos governo dos Estados Unidos.
 
 
 
Tem mais:
 
 
Essa também é muito boa. Não tem clipe, mas vale a pena conhecer,
 
 
Só aproveitando a deixa. O vozeirão de Linda em carreira solo. Muito bom.
 
 
 
E boa musica com a Pink:
 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *