Heroes In Mauá

Compartilhe:
Como o prometido, o CPR cobriu o segundo dia de Anime Heroes, evento que aconteceu em São Gonçalo, no Clube Mauá, domingo, dia 18.



Logo de inicio, vale destacar que, diferentemente do Nitokyo, havia bem mais organização. Quem havia comprado ingresso antecipado, não teve que encarar uma fila quilométrica e lá dentro havia bastante espaço para transitar entre os estandes, sem empurra-empurra ou encoxadas. O único problema nesse aspecto foi a venda-casada, prática abusiva em que se é obrigado a consumir produtos vendidos dentro do estabelecimento, já que se é proibido entrar com bebidas e alimentos. Sendo assim, foi melhor que o Nitokyo? Não exatamente. O Anime Heroes acertou onde o Nitokyo falhou e vice-versa. O maior problema do Nitokyo era a falta de espaço, já no Anime Heroes era o palco principal e falta de atrações que tivessem realmente algo haver com o nome do evento.



 Logo de cara, tivemos uma brincadeira com cara de programa de auditório de domingo à tarde: o Beijo Nerd, em que alguns adolescente conversavam e pagavam um mico se beijando no final. Aliás, as brincadeiras e gincanas propostas pelos apresentadores eram bem sem graça, pareciam inventadas na hora para tapar o buraco entre uma atração e outra.

A primeira atração foi a banda bacaninha Radio Clock, que faz covers em japonês e em português de músicas de animes e de músicas de filmes.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=CJWqx89rCqo?feature=player_detailpage]

De longe a atração mais interessante do palco principal, os dubladores Hermes Barolli e Wendell Bezerra, bateram um bate-papo bacana sobre a profissão de dublador e fizeram várias e divertidas imitações dos personagens por eles interpretados

Hermes Barolli

o filho de Gilberto Barolli (Dokusai, Saga e etc etc etc) e Zodja Pereira (a Benikiba de Jiraya), dubla desde criança. Fez as vozes do Kenta de Jaspion, Manabu em Jiraya, Sankiti em Lion Man, Biker em Winspector, Seya em Cavaleiros do Zodiaco, Leiga em Shurato, Hector em Samurai Warriors, entre outros.

Wendell Bezerra


Outro que dubla desde guri. Foi a voz do Bluemask, Goku e Bob Esponja, entre muitos outros trabalhos.

Confira vídeos da apresentação:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=1tBUYv8sUEM?feature=player_detailpage]
[youtube https://www.youtube.com/watch?v=irQsQ0X8XPc?feature=player_detailpage]
[youtube https://www.youtube.com/watch?v=UJlB1beOTI8?feature=player_detailpage]
E aí apareu outro problema, faltaram duas atrações: Tutting (uma parada de dança com as mãos  e o dublador Mauro Ramos, que seria homenageado. E além da falta, nenhuma satisfação foi dada, a organização simplesmente fingiu que nada aconteceu.

Depois de muita encheção de linguiça, com o atraso da grande estrela do dia Vó Nilza, os vlogueiros PC Siqueira e Diego Quinteiro subiram ao palco. Como não damos a miníma para isso, aproveitamos para passear pelos estandes, mas a galera curtiu e fez uma fila enorme para tirar fotos, após a palestra.





logo em seguida, finalmente, Vó Nilza! E eu: WTF?!? Por quê há quem ache engraçado uma velha senil que não diz nada-com-nada, ainda acompanhada de dois carinhas sem-graça e forçados até dizer chega? O tempo que se perde com uma besteira dessa, por que não trazer jornalistas, escritores, artistas, presidentes de fã-clubes, pessoas que realmente entendam e tenham algo interessante para falar sobre cultura pop. No Brasil, tem muita gente assim, é só parar de se preocupar em chamar atrações dignas do programa do Gugu. Desse lixo, só aguentamos uns cinco minutos.



Começou então o desfile cosplay, o que é legalzinho, só que quando passou para as apresentações ficou longo demais e maçante. Mesmo assim, fique com as imagens dos cosplays que circularam pelo evento.


































































O tédio foi tanto que nem tive pique para esperar o Gaijin Sentai, outra banda que toca músicas de anime. Porém de qualquer forma, acho que essas bandas precisam variar mais o repertório, pois o Radio Clock cantou Pegasus Fantasy logo cedo e depois pesquisando no You Tube, vi que o Gaijin Sentai também tocou a mesma música, que é mesmo muito boa, só que um pouquinho de criatividade caia bem. Por outro lado ouvir Pegasus Fantasy duas vezes é com certeza mellhor do que ouvir o Gangstam Style as 900 vezes que tocou quando os apresentadores enrolavam entre as atrações.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=QkDthToyQxc?feature=player_detailpage]
Por fim, vamos falar um pouquinho do restante do evento. Haviam mais estandes que no Nitokyo e dava para visitá-los com mais tranquilidade, embora eu não tenha visto as incríveis promoções prometidas no Facebook do evento, assim como o “grande estande de mangás e comics”. Outra falta foi a estatua do Homem de Ferro e o estande da Toy Place.
















 Nas áreas temáticas, infelizmente, muitas faltaram, caso de Senhor dos Anéis (sniff, sniff, nem pude tirar uma foto com o Aragorn), Arquivo X, De Volta Para o Futuro, The Walking Dead e Sherlock. Mas, as exposições que compareceram valeram a pena. Harry Potter não é muito a minha, mas a área estava muito bem organizada.





Assim como Star Trek, com diversos filmes (que, uma pena, eram apenas para a exibição, não estavam a venda, para a tristeza do Marc)





As fotos ficaram ótimas, sua visão que está uma merda, seu míope!

A exposição de Star Wars também estava superlegal, com diversas miniaturas, além de roupas do Darth Vader  e dos Stormtroopers  em que dado momento a galera responsável até vestiu para  passear pelos corredores do evento.























O Batmania Rio também fez uma bela exibição, com roupas do Batman, da Mulher Gato, posters, brinquedos e miniaturas.

Batman não gostou nadinha de ver o pessoal do Batmania Rio passando para o lado negro da força

Ainda sobre as áreas, só não entendi por que o fã-clube de Supernatural ficou tão isolado, separados das outras áreas, deu até dó.

Enfim, o evento teve problemas, mas eu espero que se realmente se tornar o Heroes (como a organização vem divulgando), torne-se também um evento nerd em sua totalidade e pense as atrações com mais cuidado, pois queremos mais dubladores, mais Batman, mais Star Wars, mais assunto e menos Vó Nilza, por favor.

Ah, teremos uma edição extraordinária da josta do CPRcast, sobre o Anime Heroes, no sábado.



The following two tabs change content below.

CulturaPop

Latest posts by CulturaPop (see all)

Compartilhe: