Japan in Niterói

Compartilhe:
No ultimo domingo, 11 de novembro, eu, o Marc e o Dré fomos dar um confere na oitava edição do Nitokyo, evento que ocorreu no Fluminense Atlético Clube, na terra de Araribóia. E é aí que está o problema. Felizmente, o evento cresceu, mas, infelizmente, este espaço não suporta mais o publico.

Quem tá fora quer entrar, Quem tá dentro quer sair

Logo de inicio, mesmo quem tinha ingresso antecipado (nosso caso) teve que encarar cerca de uma hora e meia para entrar. Dá só uma olhadinha na simpática fila:


Dentro do clube, que é até um local arejado, mas o calor era insuportável  porque havia pessoas demais para pouco espaço. Só queimando o cosmo para aguentar a parada.

As Dubladoras

A primeira atração do evento foi um bate-papo com as dubladoras Miriam Ficher e Marlene Costa. Sumara Louise também deveria comparecer, mas teve uma crise de amidalite. Aí mais uma bola-fora da organização, que não deu nenhum comunicado sobre a ausência da dubladora. Só fiquei sabendo o motivo ao vasculhar a página do Nitokyo no Facebook. Ficou feio, pareceu que ela tinha simplesmente dado um cano.

Apesar de alguns problemas no som (que persistiram durante todo o evento), a palestra foi um dos pontos-altos do Nitokyo. Muito bom ouvir  vozes tão marcantes de minha infâcia, principalmente da Miriam, que eu sou fã!

Para quem não está lembrando delas:

Marlene Costa

Marlene é a primeira voz da Sheila da Caverna do Dragão, além da Felina de She-Ra, a Baronesa de Comandos em Ação e a Mulher-Gato em Batman: The Animated Serie.

Miriam Ficher


Nos desenhos, Miriam foi a voz da Botan de YuYu Hakusho, Faye Valentine em Cowboy Bebop, Piggy em Muppets Babies, Patty Pimentinha do Charlie Brown, além do Topeira do longa de South Parker. No cinema, dublou diversas atrizes, como Jodie Foster, Nicole Kidman, Jennifer Connely, Winnona Ryder, além de Linda Blair em O Exorcista. Aliás, ela pôs a platéia a baixo quando refez no palco a sua  Bellatrix, personagem de Harry Potter, interpretada por Helena Bonham-Carter.

Sumara Louise

Uma pena a Sumara não ter podido ir, pois também gosto muito do trabalho dela. Ela foi a voz da Hera Venenosa de Batman: The Animated Sere, da Rainha Solinara de Caverna do Dragão, além de ter feito as vozes de Meryl Streep e Glenn Close em vários filmes.


[youtube https://www.youtube.com/watch?v=d5WqvYXhyRk?feature=player_detailpage]



Copa Cosplay

Logo após as dubladoras, foi a vez da  final da Copa Cosplay, que reuniu os vencedores de outros eventos. Só tinha fera mesmo, todas as apresentações muitos bem elaboradas, mas, claro que eu amei o Jaspion, foi super empolgante. Destaque também para o Maskára, o grande campeão. Vitória merecidissíma.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=yUu92_rqVh8?feature=player_detailpage][youtube https://www.youtube.com/watch?v=0oZlxDQjSEM?feature=player_detailpage][youtube https://www.youtube.com/watch?v=Z2o8mdZPta4?feature=player_detailpage]



Shows

Depois foi a vez da banda The Kira Justice, que toca as versões nacionais de músicas de animes


A atração seguinte foi o Anime Dance, um grupo que mistura músicas de animes, com percussão e coreografias


Estandes

Como dançar não é a nossa, fomos conferir os outros espaços. Ou tentar conferir. Mais uma vez o local pequeno para o número de pessoas, atrapalhou. Mal dava para circular e muito menos examinar  os produtos, sem falar que isso facilitava possíveis furtos. Outra coisa é que os estandes eram muito parecidos, sem muita diversidade nas mercadorias. 

As áreas temáticas foram uma decepção, não passavam de barraquinhas com umas poucas coisas para vender. Outra decepção foram a área dos fliperamas. Nós do CPR, crentes que mataríamos as saudades do Street Fighter, nem conseguimos entrar no local de tão apertado. Já a boate Otaku, em uma salinha minuscula, nem tentamos. 

Desfile Cosplay

Já ao anoitecer, foi a vez do desfile cosplay, que teve cosplays e teve cospobres também. Uma sugestão para os organizadores: uma peneira antes do desfile em si, pois alguns concorrentes não tinham a menor chance. Eles estavam lá para quê? Nos fazer rir? Alongar o desfile? Isso (junto com as diversas pausas por problemas no som) deixaram esse momento por vezes bored.




 


 
Hardcore

A ultima atração do dia foi a banda Netos de Dona Neves, que faz covers das músicas de Chaves, com arranjos hardcore

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Em resumo, evento divertido, mas que precisa melhorar. Não tenho a ilusão de que seja fácil organizar um evento assim, mas, sinceramente, só estaremos nas próximas edições do Nitokyo, se encontrarem um local com maior capacidade e conforto para o publico, pois não gostamos tanto assim de calor humano.

Para terminar, mais imagens


Kal-El, eu sou seu pai!
The following two tabs change content below.

CulturaPop

Latest posts by CulturaPop (see all)

Compartilhe: