Cinema no Aconchego do Lar: Superman II – The Richard Donner Cut

Espalhe!

 Superman II – The Richard Donner Cut

Direção: Richard Donner

Elenco: Christopher Reeve, Terence Stamp, Gene Hackman, Marlon Brando, Margot kidder

EUA, 2006


Superman- O Filme é o grande clássico das adaptações de HQ’s para o cinema. Dirigido por Richard Donner, estrelado por Christopher Reeve e com o tema maravilhoso de John Willians é uma obra impecável. Sua continuação, dirigida por Richard Lester, nem tanto.

Os dois primeiros filmes da série foram filmados simultaneamente por Donner mas após o lançamento e grande sucesso do primeiro filme, os produtores, demitiram Donner e colocaram em seu lugar Richard Lester, que refilmou grande parte das cenas filmadas por Donner. Eles pareciam achar que o antigo seriado do Batman representava todos os quadrinhos e queriam humor camp enquanto que Donner defendia a seriedade. Com Lester na direção, cenas completamente idiotas ( como a de  um homem sendo derrubado na cabine telefônica e falando o tempo todo durante o ataque dos vilões a Metrópolis ) ou os poderes estranhos dos kryptonianos inexistentes nos quadrinhos, ( Superman retirando seu emblema,  que assume uma forma gigante, e embalando Zod com ele ) foram adicionadas a cenas boladas por Donner. O resultado foi um filme esquizofrênico.
Em 2006, foi lançado, nos EUA, direto para o DVD, Superman II: The Richard Donner Cut, que traz a visão original de Donner para o filme, com cenas inéditas e inúmeras diferenças em relação a versão de Lester.
As cenas de humor duvidoso foram retiradas. A mesma seriedade de Superman- O Filme dar o tom da nova versão que apenas traz alguns alívios cômicos sem exageros como a obra de 1978. Agora a batalha do homem de aço com Zod e seus asseclas pode ser curtida com louvor.
 
Marlon Brandon, que proibiu o uso de suas imagens na remontagem de Lester, agora está presente dando continuidade ao lema “O filho se torna o pai e o pai se torna o filho” que também está no Superman Returns de Bryan Singer
 
A nova versão é um filme mais intenso. As cenas que foram retiradas e substituídas pelas de Lester na versão conhecida são infinitamente superiores ( A cena em que Lois se joga do prédio é muito mais bacana que a da catarata ). Personagens, como o próprio Zod, estão melhor desenvolvidos. Há ainda uma ligação do final do primeiro filme com o inicio deste antecipando o que seria feito anos mais tarde em O Senhor dos Anéis
Para montar o que teria sido a obra original foram utilizadas filmagens de testes de cena e de elenco já que algumas cenas jamais tinham sido filmadas por Donner. A que Lois desmascara o Super é uma delas. Isso não compromete. A nova cena é muito mais inteligente do que a de Lester. Superman II agora é um filme melhor. Mais vibrante e dramático.
Se os Salkind ( produtores) não tivessem demitido Donner e entregado o filme para Lester colocar suas bobageiras provavelmente Superman teria tido uma carreira diferente nas telas. Talvez mais alguns bons filmes e não as bombas que foram o 3º e o 4º filme. Agora resta esperar o recomeço da carreira cinematográfica do Super pelas mãos de Zack Snyder que eu aguardo com reservas.
Enfim, teria sido bem bacana o Superman não conhecer o Richard Pryor
A nova versão de Superman II não foi lançada no Brasil e eu agradeço a Locadora do Sparrow. Grande mico da Warner não tê-lo colocado junto aquele box em que Superman- O Retorno foi agregado aos filmes anteriores.
Cotação:

Espalhe!

Marc Tinoco

Um cara igual aquela série. Cheio de referências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *