“Não se faz humor como antigamente”

Espalhe!

Monty Python, Chaves e Os Trapalhões estão de volta.

Vamos começar pelo melhor. Formado pelos comediantes John Cleese, Eric Idle, Terry Jones, Graham Chapman, Michael Palin e Terry Gilliam, o Monty Python influenciou muita gente com seu humor subversivo (aqui no Brasil tivemos a TV Pirata, por exemplo). Todos os 45 episódios de Monty Python Flyng Circus, exibidos originalmente pela BBC entre 1969 e 1974, estão disponíveis na Netflix assim como os três longa-metragens estrelados pelo sexteto britânico. O quê? Cancelou a Netflix por causa do seriadinho do Padilha? Azar o seu.

Pela primeira vez na TV brasileira os fãs de Chaves e Chapolin terão a oportunidade de assistir as séries em ordem cronológica. E graças a Globo, huahuahua. O canal pago Multishow – do grupo Globo- adquiriu mais de 500 episódios dos seriados e mais de cem destes jamais foram exibidos na TV do seu Silvio. O SBT continua com o direito de transmissão na TV aberta (daquele jeito bagunçado que conhecemos, claro). Chaves e Chapolin vão ao ar de segunda a sexta a partir das 23 horas (seguidos por Vai que Cola que tem agora a função de separa-los da Faixa Sensual que tem umas séries nos moldes do antigo Cine Privê da Band, hehehe). No dia seguinte tem reprise de Chapolin as 13 horas e de Chaves as 18h30.

Não tem SUATE, mas tem Trapa Hotel

Enquanto isso o Viva reprisa os programas dominicais de Os Trapalhões desde o começo do ano (segunda a sexta as 20h15, com reprises no fim de semana em horários que não fui pesquisar). Infelizmente começaram pelos programas de 1988 (sendo que a estreia do grupo na Globo foi em 1977). Provavelmente já gravaram uns programas da Ana Maria Braga por cima das temporadas anteriores. Atualmente eles já estão reprisando a péssima temporada de 1990. Zacarias já morreu e entra no ar o Trapa Hotel, uma espécie de embrião da Turma do Didi com Dedé e Mussum de coadjuvantes. Chegam Conrado, Andréa Sorvetão, Duda Little, o inferno. E depois só piora (se duvida, assista Turma do Didi que o Viva exibe antes).

Wel, nem tudo é perfeito


Espalhe!

Marc Tinoco

Um cara igual aquela série. Cheio de referências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *