OS HERÓIS QUE NÃO FORAM

Compartilhe:

No CPR RadioCast #71: Feliz Dia Das Crianças – A Geração Que Não Tinha ZapZap, comentamos rapidamente sobre uma adaptação do Demolidor idealizada por Angela Bowie e uma da Mulher-Hulk, que seria interpretada por ninguém mais, ninguém menos que Brigitte Nielsen. Ambas acabaram engavetadas. Vamos ver então essas e outras adaptações de super-heróis para o cinema e a TV que fizeram que iam, mas não foram, ficando só em pilotos horrorosos ou sessões de fotos.

Demolidor e Viúva Negra

Se você acha que a pior coisa que podiam fazer com o Demolidor era o filme de 2003 com Ben Affleck e Rei do Crime mano, fique sabendo que o atrevido quase foi para a TV em 1975.

Angela Bowie, mulher de David Bowie na época, conseguiu com a Marvel os direitos do Demolidor e ainda da Viúva Negra, que tem um relacionamento com o herói cego nos quadrinhos. Natasha Romanoff seria vivida pela própria Angela e Benny Carruthers seria o homem sem medo.

Bowie disse que a série não foi para frente porque os efeitos especiais necessitavam de alto orçamento. Notaram a tinta no ator? O projeto não ia ser tão caro assim, huahuhua. Provavelmente algum poderoso viu que não ia sair coisa boa daquilo e sabiamente mandou engavetar o troço, que ficou só na sessão de fotos.

Vale lembrar que após o fim da clássica série de TV do Hulk, o golias esmeralda estrelou 3 telefilmes nos anos 80, e dois deles apresentavam outros heróis da Marvel que ganhariam séries depois. O primeiro trazia o Thor e o segundo, ele, o Demolidor (ou Audacioso) fazendo parceria com o verdão. Os filmes são péssimos e ficou tudo por isso mesmo. Hoje temos a série muito foda do Demolidor na Netflix e a deusa Scarlett Johansson roubando a cena nos filmes dos Vingadores e do Capitão América como a Viúva Negra.

Doutor Estranho

Em 2016 teremos o filme do Doutor Estranho protagonizado porBenedict Cumberbatch, mas essa não é a primeira vez que o mago supremo da Marvel ganha uma versão em carne e osso. Em 1978 Peter Hooten viveu Stephen Strange em um filme para a TV. O longa deveria dar origem a um seriado com o tiozão do churrasco, mas ninguém gostou daquele troço chato pra cacete e o bom Doutor foi pra gaveta.

Mulher-Maravilha

Mulher-Maravilha teve uma série de televisão de muito sucesso protagonizada pela linda Lynda Carter, entre os anos de 1975 e 1979. O que poucos sabem é que, em 1974, a amazona teve um piloto, protagonizado pela loura Cathy Lee Crosby, onde a personagem sequer usava a roupinha clássica.

E o que menos gente sabe ainda é que, antes de tentar ser Viúva Negra, Angela Bowie fez o teste para interpretar a Mulher-Maravilha, mas perdeu o papel para Cathy Lee, ao se recusar a usar um sutiã (liberação feminina, vocês sabem) e um teste do sofá. Será que Cathy usou sutiã…

E eu reclamando da Gal Gadot como Mulher-Maravilha…

Em 2012, a Warner contratou a belíssima Adrianne Palicki e começou a produzir um novo seriado da amazona. O episódio-piloto não agradou aos executivos do canal e o programa foi cancelado antes da estreia. Então, Mulher-Maravilha, enfim, vai estrear no cinema em Batman v Superman: A Origem da Justiça, e Adrianne Palicki teve melhor sorte na Marvel, onde vive Harpia na série da Shield, e que deve ganhar seu próprio seriado em breve.

Mulher-Hulk

Brigitte Nielsen quase foi a verdona. Fotos da atriz como a prima do Hulk estão aí pra comprovar. Eram os anos 80, e Brigitte era muito gostosa nome quente no cinema de ação da época graças a papéis em Rocky IV, Um Tira da Pesada 2, Guerreiros de Fogo (como Red Sonja) e Stallone Cobra.

A New World Studios planejava produzir o filme da Mulher-Hulk em 1989, e chamou a ex do garanhão italiano para fazer um teste. A coisa não foi pra frente e também ficou apenas na sessão das fotos.

Pode ser curiosidade mórbida, mas eu até gostaria de ter visto essa bagaça virar realidade…

Geração X

Produzido em 1996, essa josta era um piloto de série para a televisão, baseada nas histórias dos alunos aborrescentes do Professor Charles Xavier. Dirigido por Jack Sholder, parou por aí e não é difícil saber o porquê. Do roteiro as interpretações, passando pelos defeitos especiais, tudo é risível. Tem um elenco feio pra cacete, onde a cereja do bolo é o vilão Russel Trash Tash (Matt Frewer), um filho do Coringa da Feira da Fruta com o Máskara. E o que tem a ver uma máquina dos sonhos com os mutantes? Ah, O diretor é o mesmo de A Hora do Pesadelo 2…vá a merda, porra!

Quarteto Fantástico

Essa jóia foi realizada em 1994 e teve produção do lendário Roger Corman. Inicialmente seria uma grande produção, mas atrasou pra caramba e tudo foi feito às pressas, nas coxas mesmo, antes que os direitos retornassem para a Marvel. Quanto custou o troço? US$ 2 milhões. É muito dinheiro pra um duro como eu, mas não pra fazer um filme do Quarteto. O resultado ficou abaixo do nível, mas ainda é melhor que os três filmes que vieram depois pela Fox, huahuahua.

Acabaram ficando com vergonha e não lançaram essa merda no cinema, mas ela acabou vazando em convenções de quadrinhos, graças as saudosas fitas VHS, e hoje qualquer um pode encontra-la na Locadora do Sparrow ou no Vocêtubo.

Liga da Justiça da América

Se hoje os decenautas comemoram as bem sucedidas séries da CW com os personagens da DC, em 1997 a história era diferente. Foi produzido um episódio-piloto de uma série da Liga da Justiça que é o horror. Dirigido por Felix Henriquez Alcala, o negócio trazia um Ajax Caçador de Marte gorducho e defeitos especiais de fazer o pessoal do Sify corar. Fez grande sucesso no Cinema em Casa do SBT, mas não emplacou a série.

Baywatch?

Liga da Justiça: Mortal

O longa reunindo os maiores heróis da DC seria dirigido por George Miller (Mad Max), mas acabou cancelado em 2008, poucos dias antes do início das filmagens. Teria no elenco Armie Hammer (Batman), D.J. Cotrona (Superman), Megan Gale (Mulher-Maravilha), Adam Brody (Flash),Santiago Cabrera (Aquaman), Common (Lanterna Verde) e Hugh Keays-Byrne (Ajax Caçador de Marte).

Cara, é George Miller. O cara mandou bem em Mad Max, As Bruxas de Eastwick e Babe- O Porquinho Atrapalhado. Esse eu queria mesmo ter visto.

Superman Lives

Quem nunca ouviu falar desse? Com direção de Tim Burton, roteiro de Kevin Smith e Nicolas Cage estrelando como Kal-El. Infelizmente, acabou cancelado ainda na pré-produção, mas temos as fotos com Nicolau posando de Homem de Aço para nos alegrar.

E é uma pena que o Jack Black nem tenha tirado umas fotinhos para seu filme do Lanterna Verde

The following two tabs change content below.

Marc Tinoco

Um cara igual aquela série. Cheio de referências.

Latest posts by Marc Tinoco (see all)

Compartilhe: