Review – Melhor que Sexo! de Luiz Cláudio Siqueira

Melhor que Sexo!
Editora: Autografia
Autor: Luiz Cláudio Siqueira

Para quem já acompanha o CPR, site que sou formada em Letras. Bem, uma das coisas mais curiosas e esnobe do meio acadêmico é a crônica (assim como o conto) ser considerada um gênero menor, em comparação com o romance ou a poesia. Talvez seja por originalmente as crônicas serem publicadas em jornais ou talvez por tratarem de temas cotidianos. Então, é muito bacana encontrar um lançamento dedicado a este gênero literário.

O escritor e publicitário Luiz Cláudio Siqueira, nascido em Campos dos Goytacazes e atualmente morador aqui da minha Niterói, está lançando através da Autografia, a coletânea de crônicas Melhor que sexo!. Na obra, ele analisa a vida e o cotidiano de forma leve e reflexiva.

Mais uma vez, quem acompanha aqui o CPR, sabe que leituras mais espiritualiza, com conselhos para vida, não fazem meu estilo. Porém, quem curte este tipo de obra aproveitará melhor o livro, que é bem otimista e aborda, entre outros temas: afeto, família, envelhecimento, sempre visando vivência estes momentos de forma tranquila e feliz:

“São crônicas inspiradoras para se ter uma vida melhor, mais gratificante, mais feliz”, como define o próprio autor.

Das crônicas, destaco a primeira, “Melhor que sexo!”, sobre aquela coisa prazerosa e emocionante que você pode fazer com seu amor; a divertida “Como conviver com seu analista e ser feliz” e inusitado triangulo amoroso de “Eu, Ela e a Geladeira”.  Vale destacar também as ilustrações de Xande Pimenta, que acompanham cada uma das crônicas.

SERVIÇO:

Melhor que Sexo!
Editora: Autografia
Autor: Luiz Cláudio Siqueira

Páginas: 184 // Formato: 16 x 23 cm

Link para aquisição da obra: www.autografia.com.br

Dri Tinoco

Formada em Letras, apaixonada por Literatura e viciada em Cultura Pop. Tornou-se irremediavelmente fã de Jaspion aos 3 anos. Quando criança (e ainda hoje) preferia os filmes do Schwarzenegger a qualquer desenho da Disney e acha que o Viggo Mortensen também é lindo sem a caracterização de Aragorn

Você pode gostar...